Prefeitura de Arujá
Dengue: Cuidados devem ser reforçados
26-12-2019
Com o início do verão e do período de fortes chuvas, os cuidados devem ser redobrados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, chikungunya e zika vírus.

Fechar bem os tonéis, caixas d'água e latas de lixo, manter as calhas limpas, bem como deixar garrafas vazias sempre viradas para baixo e colocar areia nos vasos de plantas são algumas medidas importantes para evitar que focos do vetor sejam formados nos quintais e nas casas.

Atualmente, o Departamento de Controle de Vetores da Secretaria de Saúde conta com 31 agentes que realizam vistorias e coletas pelos bairros de Arujá em busca de possíveis focos do Aedes aegypti. As atividades são realizadas diariamente, mas requerem apoio da comunidade.

Nebulização

No início deste mês, agentes do Departamento realizaram o trabalho de nebulização em 216 residências das Ruas José Cícero Soares, Arnaldo Afonso e Adelino Pereira da Silva (antigas 2,3 e 4), no Parque Rodrigo Barreto.

Disque-Dengue

Denúncias de possíveis focos do Aedes aegypti podem ser feitas à Secretaria Municipal de Saúde pelo Disque-Dengue (0800 778 8882), serviço exclusivo para moradores de Arujá.
Veja também